Rádio Yandê e Rádio Mixtura: Unindo vozes indígenas das aldeias as periferias 

São Paulo, 18/12/2023 l – Desde 2013, a Rádio Yandê, a primeira web rádio indígena do Brasil, tem sido uma voz pioneira na difusão das culturas e dos desafios enfrentados pelos povos indígenas a mais de 10 anos. Com colaboradores, colunistas e correspondentes indígenas e não indígenas por todo o país, a rádio oferece uma programação rica e diversificada 24 horas por dia, 7 dias por semana, ampliando o alcance e a visibilidade das questões indígenas por autonomia e protagonismo no Brasil.

Elvira Alves Sateré Mawé: Uma Voz Forte da Rádio Yandê e Empreendedorismo Indigena

No recente episódio da série “Registros e Memórias”, produzida em colaboração com a Rádio Mixtura, Elvira Alves Sateré Mawé, nascida no Amazonas, andante por anos na capital paulista e adotada pelo Rio de Janeiro, se destaca. Membro ativo e uns dos coordenadores do Koletivo Feira UrussuMirim Karioka (@feiraurussumirimkarioka), empreendedora da Pirakuy Artes (@pirakuy_artes), dançante de carimbó, artesã em artes plumárias e sementes, palestrante e oficineira, Elvira conduziu uma conversa esclarecedora com Wiryçá Kariri-Xocó. Essa interação ressalta a importância da etnomídia indígena em promover diálogos culturais e construir pontes entre diferentes realidades.

Wiryçá Kariri-Xocó: Artesanato, Educação e Espiritualidade

Wiryçá, originário de Alagoas e residente em São Paulo, é um exemplo vivo da resiliência e adaptabilidade dos povos indígenas. Atuante nas escolas com a aplicação da Lei 11.645, ele leva o conhecimento da cultura indígena para as salas de aula. Seu trabalho como artesão, criando peças em madeira e sementes, não apenas sustenta sua família, mas também perpetua práticas culturais ancestrais. Além disso, Wiryçá (@wirycar) desenvolve trabalhos com a espiritualidade através da medicina tradicional da jurema e realiza palestras em diversos locais.

A Série “Registros e Memórias”, e quem são?

Esta série, produzida através do Edital de Apoio a Projetos Culturais de Múltiplas Linguagens – 2ª Edição, é transmitida no estúdio da Rádio Mixtura, localizado no espaço compartilhado da Agência Solano Trindade (@agsolanotrindade). Cada um dos três episódios, com duração média de 30 minutos a uma hora, oferece um mergulho profundo nas experiências e saberes indígenas. Outros episódios: teremos a

Impacto e Alcance

A parceria entre Rádio Yandê e Rádio Mixtura demonstra o poder da mídia indígena e da mídia da periferia em amplificar a visibilidade às histórias e perspectivas indígenas, brocando caminhos para um maior entendimento e respeito pelas diversas culturas que compõem o Brasil. As transmissões podem ser acompanhadas nos perfis do Instagram das rádios e nos canais de streaming das programações.

Quem são estes Mixturados?

Origem e Parcerias Iniciais (2012): A Rádio Mixtura, criada em 2012 como um programa online por Jaime Diko Lopes e Skills Slangdoee DJ Nando, evoluiu em parceria com o portal Boca da Forte e a rede do Espaço Comunidade, reunindo coletivos culturais da periferia da Zona Sul de São Paulo.

Crescimento e Diversificação (2012 – Presente): Ao longo dos anos, a Mixtura desenvolveu sua própria plataforma digital (radiomixtura.net.br), refletindo a diversidade de seu público em mais de 100 podcasts e playlists curados por artistas e parceiros locais.

Marcos Históricos (2017 – 2019): Em 2017, a rádio ganhou destaque ao transmitir as rodas de samba e oficinas do projeto Ajayô Samba do Monte. Posteriormente, expandiu suas transmissões para incluir eventos importantes como a Feira Literária da Zona Sul, a Mostra Cooperifa e o Festival Percurso.

Expansão e Colaborações: A Mixtura ampliou seu alcance ao participar da Rede Caracóis de Rádios Livres e Comunitárias, retransmitindo programas de todo o Brasil e América Latina. Entrevistas com figuras culturais renomadas da região também enriqueceram sua programação.

Desenvolvimento Tecnológico e Sustentabilidade (2019 – Presente): Com o apoio da Secretaria de Cultura do Município de São Paulo e o remanejamento de recursos do projeto Ajayô, a Mixtura construiu um estúdio profissional no Campo Limpo, aprimorando a qualidade técnica e sustentabilidade de suas operações.

Democratização e Engajamento Comunitário: Atualmente, a rádio disponibiliza seus equipamentos a outros coletivos, promovendo o acesso democrático à comunicação. Seus podcasts, com curadoria local, refletem as vozes e histórias da periferia da Zona Sul, incentivando a participação ativa dos ouvintes na criação de conteúdo.

A Rádio Mixtura, portanto, se destaca como um importante canal de expressão cultural e informativa, especialmente para as comunidades periféricas da Zona Sul de São Paulo (SP), promovendo e registrando as ricas manifestações culturais da região

Convite à Comunidade

A Rádio Yandê convida todos a acessarem e acompanharem sua página (@radioyande) para conhecer todas as suas atividades. Da mesma forma, a Rádio Mixtura, conhecida como a rádio da nossa quebrada, encoraja o público a explorar suas redes sociais através do linktr.ee no perfil do Instagram (@radiomixtura) e no site radiomixtura.net.br .

Fonte de Imagens: Frame – YouTube RadioMixtura

Por: Anápuàka Tupinambá Hãhãhãe – (@anapuakatupinamba)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Noticias Relacionadas

Categorias

Redes Sociais

Pular para o conteúdo