Indígenas Tupiniquim atacados por posseiros fazem vigília em território 

25 JAN 2019
25 de Janeiro de 2019
Indígenas Tupiniquim na aldeia de Caieiras Velha, em Aracruz, norte do Espírito Santo, nessa terça-feira (22), foram atacados com disparos de posseiros que se encontravam dentro da área demarcada como território indígena. Ninguém saiu ferido. A reivindicação da comunidade é pela liberação da área de duas fazendas que estão dentro do território indígena, cuja portaria de demarcação saiu em 2008 e a homologação em 2010. Demarcada após uma longa luta contra a Aracruz Celulose, agora eles estão em processo contra um posseiro que entrou na Justiça, em segunda instância. 

Os Tupiniquim estão em vigília permanente, construíndo casas, ocupando o local reivindicado, com acompanhamento da Secretaria Estadual de Direitos Humanos. O coordenador geral da Articulação dos Povos Indígenas do Nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo (Apoinme), Paulo Tupiniquim, comentou que no momento a área está tranquila, sem presença de posseiros e que o povo atento junto do Ministério Público Federal, que também está entrando com uma ação.

????Fotos: Paulo Tupiniquim
Texto: Redação Yandê

radioyande.com
Voltar

© 2013 - 2015 YANDÊ - A rádio de todos. Todos os direitos reservados