Empreendedorismo e criatividade indígena

14 ABR 2018
14 de Abril de 2018
Com ousadia, autonomia e muita criatividade, indígenas da Rádio Yandê, primeira web rádio indígena do país criam centro cultural indígena itinerante na cidade do Rio de Janeiro. 

A Casa Yandê como é chamada, pretende realizar exposições, palestras, entrevistas, cineclube, feiras, seminários, debates, gastronomia indígena, mercado indígena, festas étnicas, performances artísticas, encontros, apresentações musicais e até workshops com personalidades indígenas e não indígenas ligadas as culturas indígenas. O produtor e comunicador Anápuáka Muniz Tupinambá, de 43 anos acredita na força do empreendedorismo indígena contemporâneo e em diferentes caminhos da sustentabilidade, que trazem autonomia junto da valorização do que é realizado e produzido por indígenas no país.

"É um evento dedicado a divulgação e promoção dos povos indígenas em sua tradicionalidade e contemporaneidade. O ambiente soma arte, educação, entretenimento, negócios, cultura, tecnologia, sem nunca esquecer as nossas raízes e ancestralidades.", explica.

Disponível para o lançamento de produtos, encontros de negócios, seminários descolonizadores e outros eventos de temática indígena. O espaço abriga uma cozinha, degustação de chás e biblioteca. A jornalista e produtora Renata Machado, de 28 anos, defende a valorização de músicos, produtores e artistas indígenas brasileiros que não encontram muitas vezes espaços que possam mostrar seus trabalhos e produções.

"É preciso realmente conquistar espaços para valorização do que é produzido por indígenas e descartado no mundo não indígena pelo desconhecimento das pessoas. Existem músicos e artistas profissionais por todo o país que encontram muita dificuldade de mostrar seus trabalhos. É preciso desconstruir a imagem de um indígena congelado no tempo e exótico. Líderes, educadores, músicos, artistas, realizadores, cineastas, jornalistas e empreendedores indígenas cada vez mais mostram que fazemos parte de culturas dinâmicas.Trabalhamos, estudamos, produzimos, criamos e realizamos.'', comenta.

O Éden Coletivo cedeu espaço para que sejam realizadas as atividades da Casa Yandê neste ano de 2018, na Rua Sacadura Cabral, 109, Rio de Janeiro. Algumas atividades são abertas para o público gratuitamente outras é preciso adquirir ingressos. 

A abertura do local vai ocorrer no Dia do índio, 19 de Abril de 2018 ás 10h, recebendo escolas, convidados e pessoas que queiram conhecer mais sobre as culturas indígenas na contemporaneidade. As noites de baile indígena é um das atividades da Casa Yandê mais esperadas pelo público.

Exibição de Ara Pyau - Primavera Guarani no Dia do índio ás 19h com presença do diretor e debate
Programação
Calendário | Abril 2018
Dia: 19 - Abertura às 09h
09h ás 18:00 - Mercado indígena
09h ás 21:00 - Exposições: Imagens projetadas Yandê 4 anos, 'Rostos da memória inspirAções indígenas' de Daiara Tukano e o artista visual guatemalteco do povo Maia Kaqchikel Edgar Calel. 
10h ás 16:00 - Espaço Educação: Causos e contos, oficinas, cantando músicas indígenas, jogos e brincadeiras indígenas,
15h ás 17:00 - Roda de Prosa com convidados surpresa.
17h ás 18:30 - Arte cênica e performática Cartas da batalha de Tamoio, Direção: Reinaldo Santana
19h ás 21:00 - CineY’Flix indígena com Ara Pyau - Primavera Guarani, de Carlos Eduardo Magalhães
21h ás 01:00 - Awê, Yandê Party - Músicas indígenas

Uma experiência híbrida, cultural e sonora
E no dia 26 de abril, ás 20h até 00h00,  o evento Reggae pro Galdino: Tributo ao Guerreiro Pataxó, morto queimado em Brasilia no ano de 1997, com a crew Dubdem, de São Paulo, representando também o coletivo ativista multicultural Indigenous Resistance (IR), que aborda temas da resistência e da realidade indígenas pelo mundo. Com uma seleção especial de músicas tradicionais e contemporâneas, Dubdem faz uma viagem pelas conexões entre as resistências afro e indígenas. 

A Rádio Yandê junto com o Dubdem querem mostrar o poder da música, mensagem e consciência como potências para transformar, quebrando preconceitos, divulgando lutas, histórias de resistência e unindo pessoas pelo respeito as diferentes culturas.
Voltar

© 2013 - 2015 YANDÊ - A rádio de todos. Todos os direitos reservados