Bala que matou indígena Oziel Gabriel foi disparada pela PF conclui inquérito do MPF/MS

18 OUT 2016
18 de Outubro de 2016
O Ministério Público Federal (MPF) processou a delegada por improbidade e recomendou medidas para evitar violência em desocupação de áreas indígenas. Foi requisitada nova sindicância sobre atuação da PF na reintegração de posse da Fazenda Buriti em Sidrolândia no Mato Grosso do Sul, ano de 2013. Inquérito do MPF/MS concluiu em investigação origem da bala que matou o indígena Oziel Gabriel em 2013 foi disparada pela Policia Federal

A conclusão é de que aquela operação policial foi fracassada e executada com graves erros, resultando na morte, do terena Oziel Gabriel,  além de 7 vítimas não fatais de arma de fogo, 19 indígenas foram feridos por munição de elastômero, totalizando  ao todo 36 vítimas.

Trecho do Procedimento Administrativo nº 1.21.000.000913/2013-73, instaurado pelo Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul (MPF/MS): “Às 9h03min, Oziel Gabriel, que portava, exclusivamente, uma faca embainhada, arco e flecha e se posicionava atrás de uma árvore foi atingido por munição 9 mm marca CBC com encamisamento tipo Gold, de uso exclusivo da Polícia Federal. Não se sustente que, naquela situação, portando faca, arco e flecha, a cerca de 100 metros de distância do pelotão, o indivíduo apresentava imediato risco de morte, pois, fosse assim, mais da metade dos indígenas seria alvo de ação letal da Polícia. Apesar da conclusão de que o tiro que matou o indígena partiu de uma arma usada pela Polícia Federal, não se obteve sucesso em localizar a munição para identificar o policial autor do tiro, de forma que não restou alternativa que não o arquivamento do inquérito policial nº 0240/2013”. 

O homicídio de Oziel Gabriel é lembrado por lideranças indígenas que ainda sofrem represálias em terras indígenas no Estado do Mato Grosso do Sul. Erros no planejamento de operações policias são vistos como uma grande ameaça aos povos indígenas, muitas vezes vítimas de violação dos direitos humanos.

Foto: Reprodução de imagem do enterro de Oziel Gabriel.

Redação Yandê
Voltar

© 2013 - 2015 YANDÊ - A rádio de todos. Todos os direitos reservados