Exoneração de coordenador do Dsei em MS não agrada indígenas 

26 JUL 2016
26 de Julho de 2016
O coordenador do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) de Mato Grosso do Sul, Lindomar Ferreira da etnia Terena e respeitado por grande parte do movimento indígena foi exonerado do cargo. A preocupação de muitas lideranças do Estado é que a mudança prejudique os atendimentos. 

Gestões anteriores foram denunciadas por Lindomar e a indicação de Edemilson Canale não foi aprovada por conselhos indígenas. Lideranças ocuparam ontem o auditório do Ministério da Saúde, em Brasília (DF), e desocuparam o local após receberem a promessa de serem ouvidos em reunião na Casa Civil, nesta terça-feira (26).

"Fechamos aqui, queremos ter essa fala com o ministro da Saúde, e enquanto não tivermos, não vamos nos deslocar. Se ele que fez esse alvoroço todo, ele que venha aqui nos dizer quais as reais razões da exoneração do Lindomar. Queremos uma resposta do governo”, afirmou cacique Genivaldo Terena.

Indígenas durante a reunião falaram que não são bem atendidos em seus municípios e são contrários a municipalização da saúde. Estavam se organizando para reivindicar melhorias na saúde e foram surpreendidos pela noticia da exoneração de Lindomar, aproveitaram para realizar uma mobilização em defesa do ex- coordenador. Foram atendidos com atraso apesar de haver horário marcado na agenda do Sesai, o chefe de gabinete do Ministério da Saúde, Roberto Vanderlei Rebello Filho, protocolou o recebimento de uma carta escrita com reivindicações dos caciques e lideranças.

"Estamos trazendo a nossa dificuldade de todas as aldeias do Mato Grosso do Sul, pois precisamos do apoio daqui na questão da saúde.”, afirmou Getulio Guarani e Kaiowá. 

Eles levaram também uma moção de repúdio contra o nome de Wanderlei Guenka, indicado por alguns para assumir cargo na Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), ele responde a 23 processos por improbidade administrativa na passagem pelo Dsei do Mato Grosso do Sul.

Redação Yandê
Voltar

© 2013 - 2015 YANDÊ - A rádio de todos. Todos os direitos reservados