Cabeças mumificadas e restos mortais de 54 indígenas Maori são devolvidos

30 MAI 2016
30 de Maio de 2016












Photograph: Kate Whitley/Te Papa

O Instituto Smithsonian, museu norte-americano, entregou objetos e restos mortais de 54 indígenas das etnias Maori e Moriori, originárias das ilhas Chatham na Nova Zelândia. Eles foram recebidos no museu indígena Te Para  na sexta, dia 27, foi realizada uma tradicional dança maori.Foram devolvidas quatro Toi Moko.

A comercialização de cabeças começou a partir de 1770, restos mortais de indígenas neozelandeses estão armazenados em museus de todo o mundo. Uma antiga tradição maori era guardar cabeças de guerreiros mortos em respeito a um ancestral ou como um troféu de guerra. 

Chamadas de Toi moko, foram tão cobiçadas por exploradores ocidentais que muitos escravos acabavam tendo cabeças cortadas para que fossem vendidas no comércio ilegal. Foi oficialmente proibida a comercialização em 1831, pois a fascinação ocidental por culturas exóticas custou muitas vidas, ancestrais eram negociados e roubados.


Redação Yandê
Voltar

© 2013 - 2015 YANDÊ - A rádio de todos. Todos os direitos reservados