Estudantes indígenas da UFSCar fazem proposta de ações afirmativas na pós-graduação

19 MAI 2016
19 de Maio de 2016




Da esquerda para a direita: Márcia Cominetti, Mayara Suni, Rosa de Oliveira, Cláudia Reyes, Lennon Corezomaé e Tainara de Castro (Foto: Beatriz Maia – AECR/UFSCar)

Os estudantes indígenas da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Lennon Ferreira Corezomaé, do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE), Mayara Suni, de graduação em Ciências Sociais, e Tainara Torika de Castro, de Biblioteconomia e Ciência da Informação, realizaram uma reunião nesta quarta-feira(18), com a Pró-Reitora de Graduação, Claudia Raimundo Reyes, a Coordenadora Acadêmica da Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Márcia Regina Cominetti, e a Coordenadora do PPGE, Rosa Maria M. A. de Oliveira, com o objetivo de mostrar uma proposta de ações afirmativas para a pós-graduação. 

A proposta sugerida pelo coletivo de estudantes indígenas da universidade, contempla políticas de assistência estudantil dentre outras reivindicações importantes, ela vai ser discutida por estudantes e docentes do PPGE .Veja íntegra do documento aqui.

Um dos pontos abordados para criação da proposta foi que programas de pós-graduação possuem políticas para estudantes estrangeiros, mas não têm para diferentes populações do próprio país. Pensando na necessidade de atualização e ampliação dos programas, de forma que atendam bem cada grupo étnico ou cultural que deles participa, fizeramstudantes.


Redação Yandê
Voltar

© 2013 - 2015 YANDÊ - A rádio de todos. Todos os direitos reservados