FLIMT 2015 reúne escritores e artistas indígenas no Mato Grosso

22 OUT 2015
22 de Outubro de 2015














Mesa: Ilustração e a Palavra na literatura indígena, com mediação de Denilson Baniwa.

A abertura da FLIMT 2015, foi marcada pela união da diversidade, essa é a terceira edição da Feira do Livro Indígena de Mato Grosso. Na manhã desta quarta-feira (21), no Centro Cultural da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em Cuiabá, foi realizada a abertura do evento que vai até sexta - feira (23), o tema deste ano é "A sabedoria das Matas ecoando na cidade”. 

O evento conta com a participação de indígenas e não indígenas debatendo sobre diferentes temáticas, com o objetivo de promover o respeito entre os olhares étnicos e culturais. Ele está sendo realizado na UFMT em comemorações dos 45 anos da instituição de ensino universitário é fundamental. 

Um canto milenar do povo bororo, dando boas vindas a todos, realizado pelo pajé Marcio Bororo que fez a abertura espiritual da FLIMT, encantou a todos e a cantora Djuena Tikuna do Amazonas ao cantar o hino nacional na língua tikuna.

O debate sobre a ilustração e a palavra na literatura indígena, foi realizado na quarta - feira (21), com mediação do ilustrador e publicitário Denilson Baniwa, um dos coordenadores da Rádio Yandê, e idealizador do Estúdio Criativo. Nesta quinta -feira (22), ás 16h30 ele vai participar também da Mesa de debates: A cultura indígena nas diferentes mídias, ao lado da escritora Rita Carelli e Dilea Frate, com a mediação da produtora cultural Keiko Okamura.

Para conhecer melhor sobre a programação e fazer a inscrição nos seminários: click aqui.

Redação Yandê
Voltar

© 2013 - 2015 YANDÊ - A rádio de todos. Todos os direitos reservados